HO CHI MINH

Museu Ho Chi Minh | Hanói

O Museu Ho Chi Minh retrata a vida do herói vietnamita, que se chamava pelo mesmo nome dado a Saigon – Ho Chi Minh. Ele foi a principal personagem por trás da luta pela independência do país. Então, Hanói é cheia de referências a esse líder que o povo, verdadeiramente, venera. Talvez porque a história seja recente. Talvez, porque o povo vietnamita não esqueça, mesmo, os seus heróis.

Museu Ho Chi Minha
A entrada do museu com o herói vietnamita, Ho Chi Minh

Museu Ho Chi Minh

Uma dessas referências é este museu, criado em 1990, no aniversário de 100 anos do homenageado. Cercada por jardins bem cuidados, fontes e árvores frondosas, fica a estrutura pomposa, grandiosa, mesmo, quase um monumento, que relata a vida e as conquistas de Ho Chi Minh.  Este é lugar para conhecer o papel que Ho Chi Minh desempenhou na independência do Vietnã e, de quebra, a história do Estado comunista.

Museu Ho Chi Minh
Fachada do Museu Ho Chi Minh
A área verde do Museu Ho Chi Minh
Uma área verde circunda o museu
Bonsais do Museu Ho Chi Minh
Bonsais em vários recantos do museu
Bandeira do Vietnam
A bandeira do Vietnam tremula na entrada do museu

Como é o Museu Ho Chi Minh

Depois de comprar o ingresso e entrar por um portão e atravessar jardim enorme do museu, subimos uma escadaria e demos de cara com o próprio Ho Chi Minh, recepcionando a todos que chegam. Os vietnamitas fazem questão de tirar fotos aos pés do seu herói.

Visitantes do museu

Espaço verde do Museu Ho Chi Minh

Escadaria do museu Ho Chi Minh

visitantes no Museu Ho Chi Minh

O herói vietnamita

Ho Chi Minh nasceu em 1890, na Vila de Hoang Tru. Estudou em Hue, uma cidade importante no país e, em 1911, resolveu sair do Vietnã, para conhecer o mundo. Naquela época, o nome dele ainda era Nguyen Tat Thanh. Na Europa, com as influências socialistas, fundou organizações comunistas em Paris, em Moscou e na China. Toda essa história está no museu.

Ho Chi Minh, quando ainda era Nguyen Tat Thanh, num congresso comunista
Ho Chi Minh, quando ainda era Nguyen Tat Thanh, num congresso comunista.

Um museu diferente

Confesso que achei o museu engraçado. Alguns dizem que não passa de propaganda comunista, mas outros acham que é um museu informativo, até meio popularesco. Muita coisa, não entendi, achei meio non sense… Por que aquelas pirâmides todas, por exemplo? De vez em quando, achava que aquilo tudo era um carro alegórico de escola de samba. De qualquer forma, por muitos motivos, acho que a visita vale a pena.

Museu Ho Chi Minh
Um jardim de flor de lótus
Pirâmide no Museu Ho Chi Minh
Uma de muitas pirâmides espalhadas pelo museu

Carruagem no Museu Ho Chi Minh

uma instalação no Museu Ho Chi Minh

Exposição no Museu de Ho Chi Minh

Pirâmide no Museu Ho Chi Minh
Outra pirâmide no museu. Seria, Ho Chi Minh, esotérico?

Em 1941, ele voltou ao Vietnã, quando adotou o nome de Ho Chi Minh, que significa “aquele que ilumina”, e criou a Liga da Independência Vietnamita. Em 1966, tornou-se presidente da República Democrática do Vietnã.

Jornais no Museu
Jornais da época

O herói vietnamita enfrentou os franceses e os americanos, mas morreu 6 anos antes da reunificação do país. A independência é considerada a sua maior realização.

O herói vietnamita em seu escritório
Ho Chi Minh em seu escritório
roupa do vietnamita
A roupa que Ho Chi Minh costumava usar
Mais uma pirâmide no Museu Ho Chi Minh

O Museu Ho Chi Minh fica na Praça Ba Dinh, ao lado do mausoléu, onde fica o corpo embalsamado do líder vietnamita. A visita ao mausoléu seria o nosso programa seguinte, mas, todos os anos, o corpo de Ho Chi Minh vai para Moscou, por três meses, para a manutenção. E nós fomos ao Vietnã, justamente, nessa época.

O Museu fecha na hora do almoço e também às segundas-feiras e sextas-feiras à tarde. O ingresso custa menos de 5 reais.

Compartilhar Post

Comentário (7)

  • Edinalva Resposta

    Como sempre, informações e fotografias excelentes……..fico ansiosa para a próxima publicação.

    30 de agosto de 2017 a 11:32
  • Anônimo Resposta

    A Mentalidade deste Povo é muito respeitosa,séria,oque está faltando aqui no Brasil

    30 de agosto de 2017 a 23:20
    • Sônia Pedrosa Resposta

      Isso, mesmo. Eles são muito respeitosos, atenciosos.. um aprendizado, pra nós!

      31 de agosto de 2017 a 08:33
  • Anônimo Resposta

    O museu é lindo!!!A cultura de um povo está guardada em livros e museus.Vale muito a pena visitar museus.Enriquece o conhecimento de quem visita

    31 de agosto de 2017 a 10:39
    • Sônia Pedrosa Resposta

      Sem dúvida! Os museus e as feiras livres… são lugares que a gente têm que conhecer em cada cidade!

      31 de agosto de 2017 a 10:54
  • Anônimo Resposta

    Adorei conhecer tudo através de você!
    Magnífico trabalho!
    Parabéns!

    2 de setembro de 2017 a 00:11

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *