Seguro

Seguro de viagem: é obrigatório?

Seguro/assistência de viagem é a mesma coisa que plano de saúde: a gente paga e não quer usar de jeito nenhum! Mas, quando precisa, é uma tranquilidade tê-lo. Além de garantir o atendimento médico necessário dentro do valor do seguro, ele também indeniza o usuário em diversas situações.

Já passamos por alguns perrengues nas nossas viagens e, em todas, o seguro nos salvou. Apenas uma vez, por um ruído na comunicação – eu achei que João Miguel tinha providenciado e ele pensou que eu tinha providenciado – viajamos sem o tal do seguro. E o pior: precisamos dele – em Istambul. Tivemos que desembolsar 250 euros para eu ser atendida por um médico, no hotel. Portanto, o ideal é fazer o seguro. No meu caso, foi apenas uma gripe. Mas, poderia ter sigo algo pior. Dor de garganta, dor de dente, dor de ouvido, torcer ou quebrar um pé… tudo isso pode acontecer – com qualquer pessoa.

Seguro viagem ou assistência viagem?

Geralmente, não distinguimos entre um e outro e chamamos tudo pelo mesmo nome. Mas, existe uma diferença bastante significativa que faz a gente estar bem atento na hora de escolher: quando utilizamos o seguro viagem, a conta de todas as despesas médicas será paga do nosso próprio bolso e, na volta, solicitamos o reembolso. Tudo deve ser comprovado com recibos, laudos médicos e toda a documentação que demonstre os gastos com o atendimento. Na verdade, um tremendo abacaxi a ser descascado. A única vantagem é que o viajante pode escolher o lugar que quer ser atendido.

Já a assistência viagem é diferente: antes de receber o atendimento, o viajante deve entrar em contato com a seguradora para que ela indique o hospital, dentista, clínica ou posto médico, onde ele poderá ser atendido. A despesa fica por conta da seguradora, mas sempre dentro do limite estabelecido no contrato. A gente não desembolsa nada, mas o atendimento se restringe à lista de locais de atendimento. Muitas delas oferecem os dois serviços no mesmo pacote. Mas é bom ficar atento.

Seguro/assistência viagem: quanto custa?

seguro de viagem

Muito menos do que você imagina! Experimente pagar uma consulta no exterior e você nunca mais vai sair do país sem o seguro. Abaixo, segue uma simulação só para você ter uma ideia:

De 18 a 25/01/2019 – adulto – Europa: R$ 118,06 – cobertura de 30 mil euros. Os valores variam para mais ou para menos, de acordo com os descontos, promoções e a operadora escolhida. Vale ou não vale à pena pagar tão pouco pela tranquilidade?

A contratação

Atenção para os esportes radicais, como esqui, mergulho, escalada e outros. Geralmente, o seguro básico não cobre os acidentes que acontecem nessas situações. Na hora da contratação, é bom explicar direitinho o que vai fazer para não ter aborrecimento no atendimento. Idosos e mulheres grávidas também têm um preço diferenciado.

Onde e como contratar o seguro/assistência viagem?

Existem várias empresas nesse setor, mas as operadoras e agências de viagem também vendem, além da internet. A burocracia é mínima, pode acreditar.

seguro_Flycard
Nas minhas viagens, tenho usado o Flycard da Flytour e estou bem satisfeita

Tratado de Schengen

Mas, independente de achar isso ou aquilo, o seguro/assistência de saúde deve ser feito se a sua viagem é para a Europa. Lá, o seguro é obrigatório nos 26 países europeus que assinaram o Tratado de Schengen, que estabelece a livre circulação entre eles e obriga os visitantes a contratar um seguro com pelo menos 30 mil euros em gastos médicos.

Os países que assinaram o Tratado de Schengen

Alemanha, Áustria, Espanha, Bélgica, França, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Estônia, Finlândia, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.

E se você chegar num desses países sem o seguro viagem?

Na imigração, o comprovante de seguro pode ser solicitado e se você não tiver, eles podem até lhe mandar de volta para o Brasil. E aí, vai arriscar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *