logo existe um lugar no mundo 1578

Café e Cultura: um tour detalhado pela Rota Verde do Café no Ceará

Compartilhe esse artigo:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Pinterest
Casa do Sítio São Luís, em Pocoti, Ceará
Casa do Sítio São Luís, em Pocoti, Ceará

Nem só de praia vive o Ceará. Se esse estado nordestino surpreende o visitante, nesse quesito, imagine nos roteiros inusitados, pelo menos para mim, como a Rota Verde do Café – um projeto do Sebrae que valoriza uma das riquezas do Ceará: o café.

Rota Verde do Café, no Ceará: Sítio Águas Finas
A plantação do café tem esse colorido. Foto do Pixabay

Rota Verde do Café,  no Ceará

Sim, o Ceará tem café. E não é um café qualquer, não. Plantado na Serra do Baturité, à sombra dos ingazeiros, que protegem as mudas dos raios de sol, o café do Ceará está entre os melhores do mundo. E só não é o melhor por falta de espaço.  É que a serra tem limite, apenas pouco mais de 32 mil hectares. Fora da serra, o café não é o mesmo.

A Serra do Burité e seus ingazeiros, no Ceará
A Serra do Burité é uma verdadeira floresta, formada, em grande parte, por ingazeiros.

Rota Verde do Café: como chegar

Para conhecer toda essa história, a gente tem que seguir para Burité, que fica ao pé da serra do mesmo nome, a 150 quilômetros de Fortaleza. Esse passeio pode ser feito contratando os serviços da Ernanitur ou alugando um carro e seguindo pela CE 060 ou pela BR 222. O roteiro que fizemos teve início saindo e Fortaleza e subindo a serra, onde encontramos um cenário completamente diferente do que a gente conhece: vegetação exuberante, flores e aquele cheirinho de mato e natureza que ninguém resiste.

Rota Verde do Café, Ceará
A estrada foge daquele esteriótipo ao qual estamos acostumados a ver no Ceará.
Rota-do-Café-Ceará-Águas-Finas
Flores pelo caminho, na Rota Verde do Café

Rota Verde do Café: Sítio Águas Finas

A nossa primeira parada foi no Sítio Águas Finas, em Guaramiranga, onde o proprietário, o Coronel Francisco Uchoa, nos explicou todo o processo de colheita, secagem, moagem e torragem do café. A família do Coronel Uchoa está nessas terras, cultivando e aprimorando o café, desde 1939. O processo acontece de forma sustentável, respeitando o meio ambiente e gerando renda e emprego. Além disso, há uma continuidade da tradição e a preservação do patrimônio cultural.

Rota-do-Café-Ceará-Águas-Finas-sede
Na sede do sítio Águas Finas, a conversa com o Coronel Uchoa
Sítio Águas Finas, no Ceará, e a Rota Verde do Café
Uma miniatura que demonstra a secagem do café
Rota-do-Café-Ceará-Águas-Finas
O processo de beneficiamento do café é longo e cuidadoso
Rota-do-Café-Ceará-Águas-Finas
café arábica, 100% orgânico.

Depois de um lanche com sucos naturais, bolos, biscoitos, frutas e, claro, o café colhido e beneficiado ali, mesmo, saímos para uma trilha de mais ou menos mil e quinhentos metros, para ver a plantação. Como se trata de uma serra, o ideal é calçar um tênis para enfrentar a subida.

Rota-do-Café-Ceará-Águas-Finas-lanche
As muitas delícias, além do café, que o Sítio Águas Finas serviu ao grupo de jornalistas e blogueiros

Rota Verde do Café: Sítio São Luís

Depois, seguimos para o Sítio São Luís, em Pacoti, onde vivemos uma experiência de pura emoção.  Fomos recebidos por Laura Góes, uma das proprietárias do sítio, numa das salas da casa onde viveram varias gerações de sua família.

Rota-do-Café-Ceará-São-Luís-casa
A linda casa do Sítio São Luís, que abriga histórias de várias gerações.
Rota-do-Café-Ceará-São-Luís-casa
Cercada de flores por todos os lados, a casa foi projetada por arquitetos holandeses.

A mãe, Dona Claudia, abriu a casa há 3 anos para os turistas. De lá para cá, todos os sábados e domingos, das 10 às 17 horas, o Sítio São Luís recebe gente de todos os cantos do planeta. Já foram contabilizados mais de 5 mil visitantes, entre escolas, universidades, pesquisadores e turistas brasileiros, franceses, alemães, ingleses, portugueses, holandeses, italianos, gente de todas as idades. Todos, curiosos para conhecer a trajetória do café e as histórias que Laura conta com muita emoção.

Rota-Verde-do-Café-sítio-são-Luís-Ceará-Laura
A foto não tem qualidade, mas vale pelo registro de Laura, falando para os visitantes

História

Quando Laura começa a contar a história daquela casa linda e ainda original, construída nos anos 1800, a gente volta no tempo e visualiza todas as passagens que ela menciona: as festas de casamento, os batizados, as reuniões de família e os hábitos dos mais antigos. A facilidade para contar história e a voz suave de Laura faz dela uma encantadora de pessoas, o que faz desse visita uma experiência inesquecível. Em seguida, todos são convidados a conhecer a casa e tomar um delicioso café, com pão fresquinho e ricota caseiros, e o bolo de café, uma receita familiar.

Fazenda São Luís
A sala onde Laura reúne os visitantes
Casa da fazenda
a casa tem cantinhos com muito charme
Biblioteca da fazenda São Luís
Uma das paredes é cobertas por livros
visitantes da Fazenda SãoLuís
Quase todos reunidos na hora do cafezinho
cozinha da fazenda
A linda cozinha com fogão à lenha

O Sítio

Lá fora, a natureza é exuberante. Flores, palmeiras e vegetação em geral transformam o sítio em um cenário para fotos.

Fazenda SãoLuís
A árvore frondosa cumpre a sua função e é abrigo para os carros
Fazenda São Luís
Beleza em qualquer ângulo

A Rota Verde do Café é mais que os dois sítios que vistamos. Por isso, acho que vale a pena passar uns dois dias na região, para apreciar tudo com mais calma. Ainda assim, voltei satisfeita com o que vi e vivi, com o coração cheio, vocês me entendem? Quem vai a Fortaleza não pode deixar de fazer esse passeio.

Compartilhe esse artigo:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Pinterest
Reddit
Tumblr

você também pode gostar

autor(a)

Picture of Sônia Pedrosa

Sônia Pedrosa

Publicitária

comentários

34 respostas

  1. Uau, que legal, Sonia.
    Amo café!!! Também não sabia que existe essa rota no Ceará.
    Não conheço Fortaleza, mas quando for, preciso incluir esse roteiro no meu passeio.
    Beijos.

    1. Sim, Teresa Cristina, precisa incluir, mesmo. Achei que esse foi um dos melhores passeios que fiz por lá! Recomendo com força!
      Beijo grande e obrigada
      sonia.

    1. Na próxima vez, não deixe de conhecer essa rota. É maravilhosa. Saí de lá, emocionada!
      obrigada, querida, pela visita!
      Beijão,
      sonia.

  2. Oi Sonia,
    Foi ótimo saber desse passeio no Ceará, estou indo agora em maio, para Fortaleza, vou vê se consigo ir na rota do café.

    1. Lívia, foi o passeio mais emocionante que eu fiz… saí de lá com o coração cheio…. de tanta coisa linda que vi e ouvi!
      Vá, mesmo, você vai adorar!
      Querida, muito obrigada pela visita!
      Um beijo grande,
      sonia.

    1. Suzana, obrigada pelas palavras e pela visita! Que bom que você gostou! Que bom que você gosta do blog. Fico muuuuito feliz com isso!
      Um beijo grande,
      sonia.

  3. Que passeio maravilhoso, não sabia dessa rota do café em Fortaleza. A visita a essa casa linda cheia de histórias deve ser uma delícia, os visitantes devem se sentir viajando no tempo. Adorei !

  4. Grande Sônia, seu blog está cada dia melhor. Você conseguiu fazer a passagem para o patamar digital e se estabelecer com competência nesse novo modelo de jornalismo. parabéns! Quanto ao passeio, é fantástico! Um dia irei.

    1. Luciano querido,
      Muuuuito obrigada pelas palavras! Ainda tenho muitas falhas, mas estou tentando fazer o melhor que posso, uma coisa que adoro.
      Um grande abraço,
      sonia.

  5. Nossa que passeio maravilhoso!! Somos encantados por passeios imersivos, e quando se trata da rota do café, ficamos ainda mais apaixonados! Espero um dia poder fazer essa rota no Ceará!

    1. Dayse,
      Realmente, é um passeio maravilhoso!
      Vale a pena dar um pulinho nessa região, que é lindíssima, e experimentar esse café maravilhoso.
      Muito obrigada,
      sonia.

  6. Nunca ouvi falar sobre a Rota do Café no Ceará. Imagino como deve ser incrível este passeio, com aromas e sabores inesquecíveis. Vou colocar na minha lista. Obrigada pela dica.

    1. Cecília,
      Eu também fiquei fique surpresa com esse café maravilhoso no Ceará. O espaço parecia um oásis, uma miragem, um lugar lindo! Todo mundo precisa conhecer!

    1. Ângela,
      O Ceará é sempre uma surpresa agradável! Vamos explorar mais esse estado nordestino, cheio de belezas naturais e atrativos mil!

  7. Humm já tô aqui imaginando o cheirinho de um bom café! Que delícia. E que lugares lindos! Fiquei com vontade de fazer a rota verde do café no Ceará 🙂

  8. Estava justamente pesquisando por roteiros próximos a Guaramiranga no Ceará e achei o seu post. Estou indo pra lá e farei questão de conhecer a rota verde do café. Perfeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mais recentes

Arquivos