São Petersburgo: capital imperial

Uma viagem a São Petersburgo tem tudo para ser inesquecível. Trata-se de uma das cidades mais bonitas do mundo, uma das maiores da Europa, com poder de arrebatar o turista que chega desavisado, sem saber o que esperar da capital dos czares. Fundada por Pedro, o Grande, nos anos de 1700, ela já se chamou Petrogrado e Leningrado. Mas, em 1991, com o fim da União Soviética, voltou com seu nome original.

Uma das lindas ruas de São Peterburgo
Uma das lindas ruas de São Petersburgo

São Petersburgo: que cidade é essa?

Ruas e avenidas largas e arborizadas, jardins floridos, monumentos a cada esquina, vida noturna agitada, bons restaurantes, gastronomia, arquitetura majestosa, tradições culturais e história, muita história. Impossível não se apaixonar por essa cidade incrível, cortada por canais e margeada pelo Rio Neva.

CATEDRAL DE SANTO ISAAC
A cidade vista do alto: à esquerda, o hotel Astoria, do início do século 20. Em frente, a Assembleia Legislativa.

A chegada

Chegamos a São Petersburgo de trem, depois de uma semana em Moscou. Pouco mais de 700 quilômetros em 3 horas e meia, num desses trens rápidos, ultramodernos, o Sapsan. O ticket custou 98 dólares para cada. A estação de trem em São Petersburgo, a Moskovsky Vokzal, fica numa das extremidades da Nevsky Prospekt, a avenida mais importante da cidade, melhor localização para se hospedar.

estação de trem de St. Petersburg
A estação de trem fica do lado esquerdo desse largo. O obelisco é uma homenagem a Leningrado.

A viagem também pode ser por via aérea. De avião, o custo é o mesmo, talvez, um pouco menor. Mas, dá muito mais trabalho. De qualquer forma, o aeroporto da cidade é o Pulkovo, a 23 quilômetros do centro, com dois terminais. O 1 é para voos nacionais e internacionais. E o 2 é para voos internacionais, apenas.

Fachada do aeroporto de Pulkovo, em São Petersburgo
Fachada do aeroporto de Pulkovo, em São Petersburgo

Onde ficar

Nosso hotel ficava numa das perpendiculares da Nevsky Prospekt, próximo de grande parte dos pontos turísticos. E é essa a localização que sugerimos. São muitos os hotéis, para todos os bolsos, na região. Poucas vezes, usamos o metrô ou o Uber. Batemos tudo, praticamente, a pé. Ao redor, vários restaurantes, lojas, teatros, bares e cafés.

Bolshaya Konushennaya
A linda rua do nosso hotel: Bolshaya Konushennaya

O que comer

Em São Petersburgo, encontramos a gastronomia de quase o mundo inteiro: restaurantes italianos, franceses, mexicanos e outras tantas nacionalidades. Mas, a culinária do país é maravilhosa, principalmente, se considerarmos a georgiana, presente em cada esquina. Sugerimos, sem medo de errar, o Cha Cha, que fica na rua em frente à Igreja do Sangue Derramado.

Restaurante georgiano, Cha Cha
O mapa da mina: Restaurante georgiano, Cha Cha
Fachada e interior do Restaurante Cha Cha
Fachada e interior do Restaurante Cha Cha
A culinária da Geórgia é farta e deliciosa
A culinária da Geórgia é farta e deliciosa

Para comer o estrogonofe original, a sugestão é o Stroganoff Steakhouse, um restaurante russo/americano que importa a carne dos Estados Unidos e da Austrália. O forte do restaurante é a carne, mas seu cardápio é bastante variado. Trata-se de uma visita obrigatória, fica perto da Igreja de Santo Isaac.

Stroganoff Steakhouse, para experimentar o estrogonofe russo.
Stroganoff Steakhouse, para experimentar o estrogonofe russo.
O estrogonofe russo leva creme azedo.
O estrogonofe russo leva creme azedo e é servido com arroz e/ou purê de batatas

Uma terceira sugestão, que fica, também, no centro histórico de São Petersburgo, é o Goose Goose. Um italiano de cardápio bem variado e um músico tocando piano. Nós jantamos duas vezes lá, adoramos e recomendamos a todos.

goose goose restaurante
Fachada, interior, entrada, prato e a sobremesas – Tudo uma delícia.

Quanto tempo ficar

Nós passamos 7 dias. Mas, se tivéssemos mais tempo, ficaríamos 10. Há muito o que ver em São Petersburgo. São muitas opções, desde museus, galerias de arte e monumentos a palácios imperiais e castelos, passeios de barco pelos rios e canais, e espetáculos de balé e ópera no histórico Teatro Mariinsky. O maior desafio da viagem é eleger as prioridades. No final, dá certa frustração por não ter conseguido ver tudo o que queríamos. Por isso, vou fazer uma lista de programas imperdíveis, na cidade:

Hermitage

Sem dúvida, a atração mais famosa e importante de São Petersburgo é o museu do Hermitage. Universalmente reconhecido como um dos mais importantes do mundo, não, apenas, pelas obras que abriga, mas pela sua história. Símbolo da resistência da cidade durante a Segunda Guerra Mundial, o Hermitage está ao longo do Rio Neva, com mais de 3 milhões de itens. Impossível ver todo o museu numa só visita. São 24 quilômetros para percorrer. A estimativa é de que você precise de onze anos para ver cada peça em exibição por apenas um minuto. Portanto, selecione o que quer ver.

O Palácio de Inverno, residência dos czares
O Palácio de Inverno, residência dos czares

Praça do Palácio

A Praça do Palácio está localizada no coração de São Petersburgo e, no seu entorno, estão o Museu do Hermitage e os edifícios do Estado maior e dos Ministérios, unidos pelo arco do triunfo, que homenageia as vitórias da Rússia, contra Napoleão, em 1812. No centro, a Coluna de Alexandre, a mais alta do mundo feita em bloco monolítico de granito. Ela tem 47,5 metros de altura e pesa 600 toneladas. No topo, um anjo com a cara de Alexandre I, esmaga uma serpente.

A Praça do Palácio
A Praça do Palácio é uma referência em São Petersburgo, um marco na história do país.

Peterhof

Localizado a 30 quilômetros de São Petersburgo, o complexo de palácios, fontes e jardins fica às margens do Golfo da FinlândiaPeterhof, que significa jardins de Pedro, é Patrimônio Mundial da Unesco. Foi construído entre 1714 e 1725, para ser residência de Pedro, o Grande, fundador da cidade. Além dos lindos edifícios barrocos e seus respectivos museus, os jardins e a Grande Cascata são atrações que merecem uma visita.

A grande cascata é a fonte mais famosa da Rússia
A grande cascata é a fonte mais famosa da Rússia

Uma dica: para chegar até lá, a sugestão é pegar um uber, que na Rússia funciona muito bem. Do centro da cidade até Peterhof, são uns 50 minutos e nós não pagamos mais de que 40 reais (661 rublos) para chegar até lá.

Catedral de Santo Isaac

A Catedral de Santo Isaac é o maior e mais espetacular edifício religioso da cidade. Concluído em 1858, ela levou 40 anos para ficar pronta. A cúpula ostenta cem quilos de ouro e diferentes tipos de pedras semipreciosas foram usados para forjar paredes e colunas interiores.  Na Catedral de Santo Isaac cabem 14 mil fiéis em pé – como tem que ser o culto ortodoxo. Para a visita ser completa é preciso subir os 300 degraus para a colunata, onde podemos observar os melhores ângulos de São Petersburgo.

A Catedral de Santo Isaac também é um museu
A Catedral de Santo Isaac também é um museu

Fortaleza de Pedro e Paulo

Este é o lugar onde a cidade de São Petersburgo teve início. A fortaleza de Pedro e Paulo nunca vivenciou uma ação militar, mas cumpre várias funções ao longo dos seus três séculos de existência: o sepultamento de quase todos os imperadores e imperatrizes russos, inclusive, os Romanov; prisão de notórios presos políticos, como o escritor Gorki, no Bastião de Trubetskoy, e também local de experimentos-chave no desenvolvimento da tecnologia soviética de foguetes, entre outros edifícios.

Fortaleza de Pedro e Paulo vista de cima. Foto: wikipedia
Fortaleza de Pedro e Paulo vista de cima. Foto: wikipedia

No caminho para a Fortaleza de Pedro e Paulo, estão as colunas rostais, de 32 metros de altura, que serviam de farol desde 1727. Hoje, elas são acesas apenas nos dias de festa. As colunas representam as vitórias navais do Império russo. Elas são decoradas com proas de navio. Segundo a tradição romana, as proas eram levadas pelos vencedores nas batalhas navais.

As colunas rostais
Na base das colunas, estão as esculturas que representam o Volga, o Dniepre, o Neva e o Volkhov

Teatro Mariinski

O teatro Maiirinski é a casa das companhias de ópera e balé de São Petersburgo. Trata-se de uma instituição cultural de renome internacional, reconhecida pelo nível de excelência do seu balé, ópera e orquestra, além do seu elenco de estrelas internacionais. O prédio do teatro é um monumental edifício que impressiona pelo seu tamanho e pela bela decoração do seu auditório.

O Mariinski foi o primeiro teatro de São Petersburgo
O Mariinski foi o primeiro teatro de São Petersburgo

Catedral do Sangue Derramado

Essa catedral, que também é chamada Catedral da Ressurreição de Cristo, foi construída entre 1883 e 1907, exatamente no lugar onde, no dia 1º de março de 1881, o Imperador Alexandre II foi morto, por um maluco do movimento “Vontade do Povo”. Alexandre III, seu filho, que sugeriu erguer a igreja em homenagem a seu pai.

A multicolorida Catedral do Sangue Derramado
A multicolorida Catedral do Sangue Derramado

Rios e canais

Para explorar a cidade, o barco é uma opção. De maio a outubro, quando o tempo esquenta um pouco e o vento dói menos no rosto, é possível fazer vários passeios. Nos muitos cais da Nevsky Prospekt, os barcos são maiores e oferecem bebidas e refeições. Nos barcos menores, a gente pode escolher a rota e navegar pelos rios Fontanka e Moyka e os canais Griboedov e Kryukov. À noite, muitos se dirigem para o Rio Neva, para, à meia-noite, assistir à abertura da ponte basculante do Neva.

No verão, os passeios de barco são super concorridos
No verão, os passeios de barco são super concorridos

Nevsky Prospekt

Para conhecer São Petersburgo, nada como caminhar por essa avenida, que é a principal da cidade e uma das maiores do mundo, com 4 quilômetros e meio de extensão. Calçadas largas, além de prédios e monumentos históricos, lojas, hotéis, bares, cafés e restaurantes são um convite para bater perna um dia inteiro. Abaixo, os muitos motivos para caminhar pela linda avenida:

Avenida Nevsky Prospekt
A longa Avenida Nevsky Prospekt
A Catedral de N. Sra. de Kazan
A Catedral de N. Sra. de Kazan fica no meio da avenida e foi baseada na Basílica de São Pedro, em Roma
Na antiga Casa da Singer, como ainda é chamada, funciona uma livraria
Numa das esquinas, está a antiga Casa da Singer, como ainda é chamada, mas hoje funciona uma livraria
CASA COMERCIAL DOS IRMÃOS ELICEEV
A Casa Comercial dos Irmãos Eliceev reúne uma loja, um teatro, um cassino e um banco
Catarina, a Grande
A única estátua de Catarina, a Grande, em São Petersburgo fica na Nevsky Prospekt
 gostiny dvor
O shopping Gostiny Dvor, pronto para o Natal, ilumina a Nevsky Propekt
Almirantado
No fim da avenida, fica o lindíssimo prédio do Almirantado, símbolo da glória da frota russa

Nos próximos posts, falo de cada uma dessa sugestões de visita, em São Petersburgo. Até lá! Se você tem alguma sugestão, por favor, deixe uma mensagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *