Edimburgo - Palácio

Edimburgo – a melhor surpresa da Escócia

Programei a minha primeira viagem para Edimburgo, capital da Escócia, atendendo a um convite do meu ex-professor de inglês, que era escocês. Cheguei à cidade bem no meio do Festival Internacional de Arte de Edimburgo – três semanas inteiras de música, teatro, cinema, dança, ópera, e várias outras expressões artísticas espalhadas pelos arredores do castelo, com gente de vários países, inclusive, do Brasil. 

Edimburgo-centro-da-cidade
O centro da cidade durante os festivais

O festival acontece todos os anos e termina com uma grande festa em torno do Castelo de Edimburgo.

a grande vedete da cidade: o castelo de Edimburgo
a grande vedete da cidade: o castelo de Edimburgo

Estávamos em agosto e a temperatura era de uns 10 graus, mais ou menos. Frio na medida certa. Cheguei às 6 da manhã e keith e Bill foram me buscar na rodoviária. Por uma semana inteira, curti a cidade, que vivia uma verdadeira festa cultural. 

um dos muitos parques em Edimburgo
um dos muitos parques de Ediburgo

Rotina em Edimburgo

Ali, fiquei uma semana inteira. Acordava, tomava café e ia ao parque com o cachorro. Quando voltava do parque, tomava um banho e pegava um ônibus para a Princess Street, rua principal do festival. No trajeto de 10 minutos, eu não me cansava de observar o cuidado dos motoristas com as velhinhas que subiam. Eles paravam o ônibus completamente junto da calçada e, muitas vezes, saíam do lugar para ajudá-las. E só “arrancava” depois que elas se sentavam e se acomodavam. E o melhor: todos concordavam com aquilo, ninguém reclamava do tempo dedicado a essa gentileza. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *