Cristo Salvador, a catedral de Moscou

A Catedral Cristo Salvador (Хра́м Христа́ Спаси́теля) é um templo da Igreja Ortodoxa, dos mais importantes, localizado em Moscou. Inaugurada em 1833, com a coroação do Imperador Alexandre III, ela foi construída para homenagear os mortos na luta contra Napoleão. A igreja levou 66 anos para ficar pronta e tem capacidade para receber 10 mil fiéis. Houve um tempo em que a catedral era a construção mais alta de Moscou – quase 103 metros.

Catedral Cristo Salvador
Se por fora ela impressiona, imagine por dentro!
Catedral Cristo Salvador
Um dos sinos da Catedral Cristo Salvador, em Moscou
Cristo salvador
A fachada trabalhada com esculturas

Por que conhecer a Catedral Cristo Salvador?

O primeiro motivo é que ela tem o interior mais bonito de todas as igrejas ortodoxas, na opinião de várias pessoas. A beleza da Catedral é impactante. Eu nunca vi nada mais bonito em se tratando de igrejas! Apesar do seu tamanho, há muita delicadeza e suavidade nos desenhos, nas cores e nas texturas das paredes, que parecem acetinadas.

Cristo Salvador
Numa das cúpulas, Jesus cercado por anjos. Foto do site

Cristo Salvador é clara por dentro, diferente das outras. Sua fachada é trabalhada, tem paredes com granito finlandês e mármore, além de cinco cúpulas douradas e 14 sinos em quatro delas. O maior deles pesa 24 toneladas. É bom visitá-la com tempo para observar todos os detalhes. Infelizmente, fotografar é proibido. Ainda assim, se eu tivesse fotografado, seria difícil captar toda a beleza do seu interior.

O altar com a iconostase
O altar com a iconostase é de tirar o fôlego. Foto do site.
Cristo Salvador
Na foto do wikipedia, dá para se ter uma ideia do que encontramos lá dentro.
cristo salvador
O teto é um espetáculo que disputa com todo o resto da igreja. A dúvida é: olhamos para cima ou para baixo?

História turbulenta

O segundo motivo é a sua história: a construção da Catedral aconteceu em função da vitória da Rússia sobre o exército francês de Napoleão. Após esse episódio, o país vivenciou uma fase de patriotismo e espiritualidade nunca vista. Era necessário realizar algo que simbolizasse esse momento. Depois de analisar várias opções, o csar Aleksandr 1º escolheu o arquiteto Karl Magnus Vitberg, um sueco que precisou se batizar na igreja ortodoxa para realizar o projeto: a Catedral Cristo Salvador.

Alexander Lavrentevich Whitberg
Alexander Lavrentevich Whitberg, antes da adoção da Ortodoxia – Carl Magnus

O arquiteto caiu no gosto do csar, que o nomeou chefe da construção, embora Vitberg tenha relutando, alegando que não tinha a menor experiência com obras. Mas, em 1825, sete anos depois do início da construção, o csar Aleksandr 1º morreu e Nikolai 1º foi coroado. Imediatamente, a obra foi suspensa, por causa dos custos que eram muito altos. Além disso, descobriram que havia fraudes no projeto. O arquiteto foi julgado e condenado, seus bens foram confiscados e ele foi exilado. Dizem que tudo isso foi uma grande tramoia dos subordinados do arquiteto. Ciúme!

Promessa

Mas, Nikolai 1º, muito religioso, queria cumprir a promessa do csar morto, seu irmão. E, em setembro de 1839, a obra foi retomada, mas em outro local. Um novo arquiteto assumiu os trabalhos, numa área próxima a um mosteiro. Mas, uma abadessa incomodada com o barulho, rogou uma praga na construção.

Aos trancos e barrancos, como dizia a minha avó, enfim, a Catedral ficou pronta mas, em 1931, ela foi dinamitada por Stalin, por ser considerada um símbolo do império czarista. Os comunistas queriam construir, no lugar da catedral, o Palácio dos Sovietes, com uma torre de 400 metros de altura e, no topo, uma estátua de 98 metros de Lênin. Pela dificuldade de realização, o projeto nunca foi executado. Em seu lugar, foi construída uma piscina pública, que funcionou até 1994. Com a queda da União Soviética, o Prefeito de Moscou, Yuri Lujkov, com o apoio do povo, devolveu a Catedral à cidade. Em 2000, ela foi reinaugurada, exatamente, como era antes.

Ponte Patriarshy
Ponte Patriarshy: o acesso direto para a Catedral

A reconstrução

Em 1995, um decreto presidencial determinou que o dinheiro público não seria gasto na reconstrução da igreja. Os recursos deveriam vir de doações da população, da própria Igreja Russa ou de empresas estrangeiras no país. E assim aconteceu. Mas, a maior parte, 200 milhões de dólares, veio mesmo do governo federal. O resto, 150 milhões de dólares, veio das doações. Nas paredes da Catedral, os nomes de todos os doadores foram eternizados. Assim que ficou pronta, a catedral se converteu no maior centro espiritual do país. Nela se celebram os ofícios religiosos durante a Páscoa, o Natal e em outras datas importantes para a Igreja Ortodoxa.

doadores
Os nomes do doadores se eternizaram nas paredes da catedral

As cúpulas

O número de cúpulas das igrejas ortodoxas têm um significado. Uma única cúpula revela a fé em um único Deus. Três cúpulas significam a fé na Santíssima Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo). Cinco cúpulas – bulbosas -, que é o caso da Catedral Cristo Salvador, simbolizam Cristo e quatro apóstolos evangelistas (formato tradicional das igrejas da Moscou medieval dos séculos 15 a 18). Sete cúpulas personificam os sete dons do Espírito Santo. Nove, as ordens dos poderes eclesiais. E assim por diante, até trinta e três, que são o número de anos de Jesus, na terra.

Cristo Salvador
As cinco cúpulas da Catedral do Cristo Salvador
Cristo Salvador
Numa das cúpulas, o Espírito Santo é representado por uma pomba cercada por sete dons divinos. Foto: site
Cristo Salvador
Em outra, a imagem do Salvador sentado no trono, com um livro e um cetro. Foto: site.

As cores também têm significado

Uma cúpula verde tem relação com a Santíssima Trindade. Azul, com a Virgem Maria. Mas se a cúpula é dourada, ela representa Jesus ou as chamas de uma vela bruxuleando em direção ao céu.

cristo salvador
As cúpulas da Catedral pode ser vistas de vários pontos da cidade

Simbologias

É interessante observar a simbologia da arquitetura: o templo quadrangular é a imagem do mundo celestial. As quatro paredes encarnam os quatro apóstolos evangelistas, os quatro cantos do mundo onde se pregou as leis de Deus. O belíssimo interior é composto por sete áreas de alturas diferentes. Painéis de mármore na direção da nave principal representam as vitória militares da Rússia.

O exterior da Catedral

Nas quatro fachadas, os temas foram escolhidos pelo Patriarca de Moscou. Nos alto-relevos, os protagonistas são as forças celestiais, a Virgem e o Senhor, que protegeram a Rússia durante toda a história. As esculturas têm a mesma disposição ao lado das portas, das janelas, mas os temas, de acordo com os pontos cardeais, são diferentes.

Cristo salvador
Personagens do velho e do novo testamento adornam uma das portas da Catedral

A visita

A Catedral Cristo Salvador está localizada no distrito de Arbatskaya, às margens do rio Moscou. A entrada é grátis, mas a gente passa por um detector de metais e por uma revista na bolsa. Não pode fotografar ou filmar. É possível visitar o mirante, que fica a 40 metros de altura, e observar a cidade de cima. A igreja está aberta das 6:30 às 22 horas.

Cristo salvador
Anjos e santos sobre a porta de entrada

Disputa

A Catedral Cristo Salvador disputa com a São Basílio o grau de importância na cidade, uma vez que as principais solenidades acontecem na primeira. A Catedral de São Basílio chama a atenção pelas cores e formatos das suas cúpulas e estrutura – parece a casa de Joãozinho e Maria (dos contos de fadas) ou um bolo produzido pela Lelê Fuê. Portanto, as duas merecem uma visita e você mesmo pode tirar a sua conclusão.

Catedral de São Basílio
Detalhes que fazem a Catedral de São Basílio, a mais bonita da Rússia
Catedral Cristo Salvador, em Moscou
Linda por fora, mas com um interior surpreendente.

6 comentários sobre “Cristo Salvador, a catedral de Moscou”

  1. Fantástica a igreja e o texto! Parabéns!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *